Acredito em Deus, mas não misturo com ciência diz Marcos Pontes

05/02/2019

O ministro de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), Marcos Pontes, declarou que acredita em Deus, mas que não mistura ciência e religião.

O astronauta brasileiro garantiu que o governo de Jair Bolsonaro tem como projeto de construir uma ciência de qualidade e melhorar a vida da população através da tecnologia.

Questionado sobre integrantes do governo que defendem o ensino no Criacionismo das escolas, o ministro respondeu aos repórteres do Podcast Estadão que prefere olhar o assunto do ponto de vista científico.

“Nós temos que ensinar a ciência e a crença das pessoas é outra história”, disse ele. “Acredito em Deus, mas não misturo isso com ciência. A história tem que ensinar aquilo que existe e que tem sido estudado ao longo dos séculos”, completou.

Globo volta a debochar de Bolsonaro durante o Fantástico

05/02/2019

Durante o programa Fantástico deste domingo (27), a Rede Globo voltou a debochar de Jair Bolsonaro, trazendo uma série de situações que aconteceu ao longo desta semana, como a participação do presidente no Fórum Econômico Mundial.

O programa mostrou um “suposto ataque de hacker” que interrompeu o apresentador Tadeu Schmidt, fazendo críticas ao presidente.

O vídeo debochou do erro de Marcus Vinícius Rodrigues, responsável pelo ENEM no governo Bolsonaro, que falou em um discurso a palavra “cidadões”.

Além do ato falho de Rodrigues, a atração dominical da Globo também ironizou as ausências do Presidente, Paulo Guedes e Sérgio Moro no Fórum Econômico Mundial usando uma imagem de novela dizendo: “Eles sumiram, deram a volta na gente”.

O meme “Barbie Fascista” também apareceu no vídeo falando sobre privilégios e, para terminar, ironizou a fala de Bolsonaro sobre o Meio Ambiente usando imagens do acidente em Brumadinho.

Bolsonaro volta a passar mal e alta médica é adiada

05/02/2019

Na tarde desta segunda-feira (4), o porta-voz do governo, Otávio do Rêgo Barros, declarou que, devido a uma piora em seu estado de saúde, o presidente Jair Bolsonaro não terá mais alta médica na próxima quarta.

Operado há oito dias, Bolsonaro retirou a bolsa de colostomia e passou pela cirurgia de religação do trato intestinal. Mas durante a noite, ele teve febre e foi necessário passar exames que identificaram um líquido ao lado do intestino, na região onde antes estava a bolsa.

Por conta disto, o presidente precisará permanecer na Unidade de Cuidados Semi-Intensivos do Hospital Israelita Albert Einstein. Não há nova data para alta médica.

Nas redes sociais, Bolsonaro mostrou um vídeo da fisioterapia e mostrou e comemorou que suas funções intestinais estão se normalizando.

“Após uma semana da terceira cirurgia, no espaço de menos de 6 meses, graças a Deus, funções voltando à normalidade e fisioterapia contínua nos fortalecendo para que possamos voltar o mais rápido possível às atividades rotineiras com plena força. Agradeço a todos pelo apoio!”

Aplicativos


 Locutor no Ar

AutoDJ

Radio Mix

Peça Sua Música

Name:
E-mail:
Seu Pedido:


Top 5

01.

Jordan Feliz

‎The River

02.

Hillsong United

All I Need Is You

03.

Lex

Se joga

04.

Livres

a alegria do Senhor

05.

Priscilla alcantara

Inteiro

Anunciantes